Atendimento

Informações e agendamento Covid,
clique aqui

(51) 3314-3838

De segunda a sexta das 06:30 às 20:00 e sábados das 06:30 às 14:00

Ou Fale Conosco

Anatomopatológico, procedimento simples, Vários Materiais

Prazos

Em até 5 dias úteis (s/ sábado) às 22h

Jejum

Não há necessidade de jejum.

Agendamento

Não

Orientações

- Este exame é realizado somente em material enviado. - A análise deve ser feita em peças simples (pequenas ou médias), retiradas por médicos ou dentistas e fixadas em formol 10% (de preferência tamponado) em recipiente de boca larga ou colocadas em saco plástico apropriado, sempre com a identificação do nome do cliente. - Vale esclarecer que as peças pequenas correspondem a fragmentos de tecido resultantes de biópsia ou exerese de pólipos e linfonodos. As médias são decorrentes da retirada de órgãos pequenos, como útero, baço e apêndice cecal. Em caso de dúvida, a Central de Atendimento ao Cliente está apta para prestar os devidos esclarecimentos. - Nas biópsias musculares, a análise para diagnóstico de miopatias e distrofias só é realizada se a coleta for feita no Laboratório, de forma a garantir a viabilidade do material. Contudo, caso a biópsia se deva a uma suspeita de tumor de origem muscular, a amostra pode ser enviada nas condições citadas acima. - Para o encaminhamento de material proveniente de necropsias, seja para verificação de óbito, seja por motivos médico-legais, primeiramente é necessário entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente para que o interessado faça contato com um médico do Setor de Anatomia Patológica. O Laboratório só realiza essa análise em casos excepcionais, com pedido explícito judicial ou do legista/patologista definindo o motivo da solicitação. - O Laboratório não analisa material retirado de animais, ou seja, não faz Patologia Veterinária. - Todas as amostras devem estar acompanhadas de solicitação médica com as informações clínicas pertinentes para a interpretação dos casos.

Medicamento

- Este exame é realizado somente em material enviado. - A análise deve ser feita em peças simples (pequenas ou médias), retiradas por médico e fixadas em formol 10% (de preferência tamponado) em recipiente de boca larga ou colocadas em saco plástico apropriado, sempre com a identificação do nome do cliente. - Vale esclarecer que as peças pequenas correspondem a fragmentos de tecido resultantes de biópsia ou exerese de pólipos e linfonodos. As médias são decorrentes da retirada de órgãos pequenos, como útero, baço e apêndice cecal. Em caso de dúvida, a Central de Atendimento ao Cliente está apta para prestar os devidos esclarecimentos. - Nas biópsias musculares, a análise para diagnóstico de miopatias e distrofias só é realizada se a coleta for feita no Laboratório, de forma a garantir a viabilidade do material. Contudo, caso a biópsia se deva a uma suspeita de tumor de origem muscular, a amostra pode ser enviada nas condições citadas acima. - Para o encaminhamento de material proveniente de necropsias, seja para verificação de óbito, seja por motivos médico-legais, primeiramente é necessário entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente para que o interessado faça contato com um médico do Setor de Anatomia Patológica. O Laboratório só realiza essa análise em casos excepcionais, com pedido explícito judicial ou do legista/patologista definindo o motivo da solicitação. - O Laboratório não analisa material retirado de animais, ou seja, não faz Patologia Veterinária. - Todas as amostras devem estar acompanhadas de solicitação médica com as informações clínicas pertinentes para a interpretação dos casos.

Para informações de preparo para exames clique aqui e solicite